O melhor layout para supermercados

Existe uma verdadeira oportunidade em layouts criativos e alternativos para supermercados, mas quais realmente atende a melhor opção de acordo com o público alvo. Em um universo de opções após haver projetado mais de cinqüenta lojas dos mais diversos portes posso garantir que não existe nada padrão. É necessário que seja levado em conta qual sera a linha de produtos onde mais irá atrair o cliente, o que realmente possa encantá-lo ao adentrar a loja, deverá também ser levado em conta os níveis de segurança contra desvios. Localizar seções de alto giro no fundo da loja para que o consumidor passe pelo máximo de produtos possíveis é uma estratégia fora de moda.

Um layout de supermercado deverá ser desenhado para atender de forma prática e eficiente as diferentes necessidades que vão desde pratos pontos às grandes compras, para cada perfil de consumidor deverá haver um trajeto simples e lógico para que possa fazer o cliente se sentir bem. É muito natural a escolha do local de compras ser associável ao conceito que o cliente tem intrínseco em suas vidas, ou seja, como iremos demonstrar através de um simples exemplo: para a maioria das pessoas não é lógico passar desodorantes antes de tomar um banho, portanto quando a disposição das mercadorias não atente esse pré conceito, faz com que essa loja não seja totalmente confortável a ele, onde nem mesmo o cliente saberá dizer o motivo, mas seu subconsciente responderá essa inversão de valores adquiridos desde sua infância.

Devemos montar uma loja com base nos quatro tipos básicos de clientes: aquele que procura pela refeição pronta e rápida para o jantar, o que visita a loja diariamente na procura especificamente pelos perecíveis ou do dia a dia, outro para a compra semanal, e ainda a opção para a compra mensal. Motivo que devemos quando da elaboração de um projeto facilitar o acesso a todos.

O cuidado com plantas futuristas deverá ser redobrado, ser inovador poderá gerar impacto quando da primeira vista mas poderá se deteriorar em pouco espaço de tempo, no entanto algumas praticas devemos conter, uma delas é o cuidado com a comunicação visual onde poderá tirar o foco do principal que é o produto, a quantidade excessiva de arranjos em madeira sob as quais passam a se destacar mais que o produto, e sem dúvida a iluminação, esse por último, porém de maior importância tem feito ambientes altamente agradáveis.

Onde a conclusão da matéria procura despertar que uma loja deverá ser um local para gerar rentabilidade e não um parque de exposição onde se evidencia aquilo que não seja seu foco principal, podendo ser altamente diferenciada, porém de baixo trafego.

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: